para maiores de 18 anos

15
maio 2013

Projeto convida vítimas de violência sexual a relembrarem frases ditas pelo abusador

 
por: Julieta Jacob
 

Dentro do universo da sexualidade, um dos assuntos mais delicados de se abordar é o abuso sexual. Já falamos aqui de uma campanha espanhola que encontrou uma maneira criativa e eficaz de engajar as crianças (possíveis vítimas) no combate a esse tipo de violência.

A fotógrafa americana Grace Brown também abraçou a causa e criou o Projeto Unbreakable, que propõe, de forma corajosa, uma mudança de atitude das vítimas de abuso sexual em relação ao trauma que sofreram. Geralmente, quem passa por esse tipo de violência prefere se esconder e “apagar” o passado. O projeto tenta evitar que o assunto caia no esquecimento e convida qualquer pessoa que tenha sofrido abuso sexual a ser fotografada segurando uma frase dita pelo abusador(a).

Apesar de soar um pouco cruel mexer em lembranças tão angustiantes, Grace já foi procurada por milhares de sobreviventes de abuso sexual que decidiram romper o silêncio e participar do projeto. Mais de 400 já foram fotografadas. Os interessados devem entrar em contato através do email projectunbreakablesubmissions @gmail.com.

Veja algumas fotos do projeto:

"Eu não lembro de nenhuma palavra específica, mas eu era apenas um bebê". Foto: Grace Brown

“Eu não lembro de nenhuma palavra específica, mas eu era apenas um bebê”. Foto: Grace Brown

abuso8

“Não se preocupe, garotos gostam disso”. Foto: Grace Brown

abuso3

“Isso fica entre nós”, frase dita pelo avô da vítima, quando ela 06 anos e depois, aos 16 anos. Foto: Grace Brown

nenhum comentário

15
maio 2013

Fafire promove debate sobre fantasias e fetiches

 
publicado em: sexo
por: Julieta Jacob
 

Quando se fala de desejos sexuais, pode-se pensar que o céu é o limite. Mas não é bem assim. Não mesmo. O limite está bem antes do céu. O limite está no respeito a si mesmo e a quem mais estiver envolvido na prática sexual. E como esse critério é bem subjetivo (a noção de “respeito” pode variar de pessoa para pessoa), é importante esclarecer alguns aspectos para não haver confusão. Do contrário, o limite entre o que é considerado saudável e o que seria patológico pode ficar nebuloso – e perigoso.

O debate que vai acontecer neste sábado (18/05), na Fafire, no Recife, vai discutir exatamente essa questão. O evento terá mediação do psicólogo Carlos Ferraz e contará com a participação dos psicanalistas Andrea Siqueira e Pedro Gabriel, e da sexóloga Valéria Walfrido.

255493_113022618904251_1303841013_nServiço:

Fantasias e Fetiches: A fronteira entre o saudável e o patológico
Data : 18/05
Horário : 09 às 13h
Auditório térreo, Faculdade FAFIRE
Avenida Conde da Boa Vista 921, Boa Vista, Recife-PE
Inscrições: R$20 (8789 0444 | 9912 1225)

nenhum comentário

14
maio 2013

Fotógrafo russo viaja pelo mundo guiado pela amada

 
por: Julieta Jacob
 

As belas fotografias feitas pelo russo Murad Osmann já ganharam o mundo. E não poderiam ficar de fora do erosdita. A ideia é muito simples: ele ama fotografar, ama viajar e ama a namorada. Juntou as três paixões e o resultado foi a linda e colorida série intitulada “Follow me on”, em que Murad clica a também russa Nataly Zakharova puxando-o pela mão em diferentes cenários. Lindo demais! No mínino, uma ótima inspiração para o registro da sua próxima viagem romântica.

Veja mais fotos no perfil de Murad do facebook.

foto: Murad Osmann

Em Cingapura. Foto: Murad Osmann

foto: Murad Osmann

Em Ravello (Itália). Foto: Murad Osmann

 foto: Murad Osmann

Em Veneza (Itália). Foto: Murad Osmann

Em Granada (Espanha). Foto: Murad Osmann.

Em Granada (Espanha). Foto: Murad Osmann

Murad e a namorada. Foto: reprodução do facebook.

Murad e a namorada. Foto: reprodução do facebook.

nenhum comentário

14
maio 2013

Sexo e arte no MAMAM

 
por: Julieta Jacob
 

Começa amanhã e vai até sexta-feira o ciclo de palestras e debates sobre “arte, sexo e sociedade brasileira”. O evento será no MAMAM (Museu de Arte Moderna Aloisio Magalhães), no centro do Recife. O acesso é gratuito, mas há limite de 200 vagas no auditório, por isso é importante fazer a pré-inscrição aqui neste link. 

CARTAZ SIMPÓSIO Fábio Baroli no MAMAM - Mostra o teu que eu mostro o meuAqui está um resumo das três noites do evento:

A primeira noite será dedicada à sétima arte com a exibição do Destricted.Br, projeto de cinema e arte erótica dirigido por Lula Buarque de Hollanda e Márcia Fortes. Na sequência, haverá um debate com os cineastas Claudio Assis, Tuca Siqueira e Lula Buarque de Hollanda sobre os atravessamentos da história do cinema, o sexo e a história da arte ocidental.

Na segunda noite, Moacir do Anjos abordará fatores ligados aos submundos latentes na obra da fotógrafa norte americana Nan Goldin. Janine Seus, que trabalha como prostituta no Second Life, e a psicóloga Marina Pinheiro, trazem um apanhado sobre sexo digital e os fetiches das novas gerações, abordando as possibilidades atingidas pelo desejo sexual vivenciado em interfaces e avatares.

Na terceira noite, Nanci Feijó, presidenta do sindicato das prostitutas de Pernambuco, junto a Fernando Fontanella, mestre em comunicação pela UFPE, e Joana Gatis, estilista que já fez uma coleção inspirada nas mulheres de “vida fácil”, analisam a expressão e a autonomia sexual ligadas aos profissionais do sexo, ao meio de produção musical relacionado ao techno brega e também fazem uma abordagem do vestuário e da exploração comercial do corpo como objeto sexual.

nenhum comentário

9
maio 2013

Viagra falsificado contém pesticidas, gesso e até tinta de impressora

 
publicado em: sexo
por: Julieta Jacob
 

Li que o laboratório Pfizer, fabricante do comprimido Viagra (para disfunção erétil masculina), anunciou que vai ampliar as vendas de remédios pela internet para enfrentar o mercado paralelo dos clandestinos do famoso “azulzinho”, considerado um dos medicamentos mais falsificados do mundo. E o que explica tanta procura por remédios falsos vendidos on-line? A vergonha que muitos homens têm de irem até a farmácia comprá-lo (como se estivessem expondo sua “impotência” para o mundo).  É compreensível, até porque esse tema é um grande tabu para os homens, mas a preocupação com a saúde deve vir antes da vergonha.

Análises constataram que alguns comprimidos de Viagra falsos continham pesticidas, gesso, tinta comum e até de impressora, e apenas de 30% a 50% do ingrediente ativo, o citrato de sildenafil. Os remédios falsos chegam a custar menos da metade do preço do original, que é de cerca de US$ 22 por comprimido.

É claro que a estratégia da Pfizer vai além da preocupação com a saúde dos consumidores. Através das vendas on-line no portal do laboratório, a empresa também pretende abocanhar os milhões de dólares que perde anualmente para o comércio pirata.

Para realizar a compra pela internet, os pacientes precisarão de receita médica, mas serão poupados de encarar o balconista da farmácia.

Leia a reportagem completa aqui.

Foto: divulgação

Foto: divulgação

nenhum comentário

7
maio 2013

Mulheres sauditas poderão praticar esportes nas escolas

 
publicado em: educação sexual
por: Julieta Jacob
 

A notícia de que a Arábia Saudita informou que vai permitir que escolas particulares femininas ofereçam a prática de esportes para as suas alunas me deixou mais triste do que feliz. E não é pessimismo da minha parte. Reflitam comigo.

Sim, é um “avanço”, reconheço (considerada até uma decisão histórica por alguns). Mas a que preço?

O governo já anunciou a contra-partida: para praticar esportes, as estudantes terão que se submeter a um “código de vestimenta apropriado” e observar regras estritas de conduta. Elas não poderão ser vistas por homens enquanto usam calças, por exemplo. Para quem não sabe, todas as instituições de ensino sauditas são segregadas por sexo, não há escolas mistas.

Não por acaso, analistas já concluíram que o único benefício dessa decisão do governo é o fato de mulheres passarem a ter acesso a esportes nas escolas. No tocante ao tratamento diferenciado de gênero e à condição subalterna da mulher na sociedade, pouca coisa – ou nada – muda.

Na Arábia Saudita, as mulheres não podem dirigir, sair do país ou abrir conta bancária sem autorização de um homem. Apenas recentemente elas ganharam a permissão de andar de moto e de bicicleta.

Leia a reportagem completa aqui.

Foto: reprodução Folha de S. Paulo

Foto: reprodução Folha de S. Paulo

nenhum comentário

6
maio 2013

Um rápido intervalo

 
publicado em: educação sexual
por: Julieta Jacob
 

Vocês estão com saudades do Sexo a Duas? Nós também! Muita saudade! Olha a gente aqui rezando pra que o próximo programa entre logo no ar para voltarmos a nos encontrar toda semana com vocês ♥

Tivemos um rápido intervalo e em breve retornaremos com programas novinhos e energia renovada. Foi uma pausa estratégica, para o bem de todos e felicidade geral da nação (apesar da saudade, acreditem!). O próximo programa é o encerramento da série sobre sexo anal. Se ainda não viu, assista ao programa 01 e ao programa 02 da série.

Aliás, todos os 14 programas estão disponíveis aqui no blog, no menu Sexo a Duas. Que tal aproveitar esse intervalo para ver todos e ficar atualizado?

E se vocês quiserem se juntar à nossa corrente de oração, vamos adorar, será uma grande honra! Vem, pessoal!

Até muito breve.
Screen shot 2013-05-06 at 8.45.14 PM

nenhum comentário

6
maio 2013

Campanha contra abuso sexual infantil inova na abordagem

 
publicado em: educação sexual
por: Julieta Jacob
 

O abuso sexual infantil é um assunto delicado e difícil de ser abordado, principalmente entre as possíveis vítimas – as crianças. Mas não adianta fugir: a melhor forma de prevenir é através da boa informação e da educação sexual – quanto mais cedo ela chegar, melhor. Na Espanha, uma campanha publicitária encontrou uma forma criativa de dar o recado.

Duas mensagens diferentes foram colocadas no mesmo cartaz usando uma imagem lenticular, que muda de acordo com o ângulo de visão: uma das mensagens é visível apenas para pessoas de 1,75m (adultos, portanto) e, a outra, é visível apenas para quem tem em média 1,35m (crianças de 10 anos). Publicitários, inspirem-se!

Para saber mais, clique aqui.

Screen shot 2013-05-06 at 8.15.48 PM

nenhum comentário

6
maio 2013

Editoria Sexo

 
publicado em: amor
por: Julieta Jacob
 

De passagem por São Paulo, fui entrevistada pelo jornalista Guilherme Sardas para a edição deste mês da Revista Imprensa, que traz um especial sobre os profissionais que se dedicam à editoria jornalística “Sexo”. Ninguém está muito acostumado a ouvir falar dessa editoria (as mais conhecidas são “economia”, “política”, “esportes”, por exemplo), mas se depender de mim, isso vai mudar.

No site deles, foi publicado um perfil sobre mim (para quem quiser saber um pouco da minha trajetória profissional). Nós jornalistas aprendemos na universidade que nunca (eu disse NUNCA) devemos virar notícia (é equivalente ao juramento de Hipócrates para os médicos, algo sagrado), mas confesso que depois de cometer essa “heresia”,  adorei a experiência de passar para “o outro lado”. E o melhor, sem culpas! Para ler a versão on-line da revista, clique aqui.

Screen shot 2013-05-06 at 6.52.58 PM

nenhum comentário

23
abr 2013

Sexo a Duas #14 – sexo anal (parte II)

 
publicado em: educação sexual
por: Julieta Jacob
 

Olá pessoal,

Estamos de volta com a continuação da série sobre sexo anal! Quem tá ligado na nossa página do facebook (curte lá) já sabia que o programa desta semana seria publicado hoje!

Decidimos abordar esse assunto por causa da grande quantidade de perguntas que recebemos e também porque o sexo anal é uma variação sexual que exige alguns cuidado e muita delicadeza. E como a falta de informação sobre o tema é grande, aqui estamos nós para preencher essa lacuna e mudar esse cenário!

Quem acompanha o programa já deve saber que eu e Rebecca adoramos quebrar um tabu, né? Tabus atrasam a vida e são incompatíveis com a felicidade plena. Já falamos outras vezes e repetiremos sempre que for preciso: o Sexo a Duas não tem a função de incentivar NENHUMA prática sexual, seja ela qual for. O nosso papel, enquanto educadoras sexuais, é descomplicar o sexo e indicar o caminho mais seguro para que as pessoas (adultas) possam buscar (com autonomia, liberdade e responsabilidade) o que lhes apetece em matéria de sexo e sexualidade para serem felizes. Sem neuras. Só assim o sexo cumpre a sua função maior: proporcionar alegria, felicidade e prazer, três elementos que fazem parte do nosso bem-estar da boa qualidade de vida.

No programa de hoje a gente fala sobre um aspecto decisivo para o sucesso do sexo anal: o relaxamento dos esfínteres antes da penetração. Pouco – ou nada – se fala sobre isso, mas é um ponto CRUCIAL, para que o ânus relaxe corretamente e a relação aconteça sem dor ou fissuras. Nós vamos mostrar a importância do uso das dedeiras para proteger o reto e as unhas, e indicamos os objetos que podem ser introduzidos no ânus e reto com segurança e sem trazer risco à saúde.

Aqui está o programa feito com muito carinho! A gente espera que vocês gostem e que nos escrevam contando o que acharam. Esse retorno é fundamental para nós! Divirtam-se.

httpv://youtu.be/xFJ_8I3Qk4s

Já viu o  1° programa da série? Clica aqui para ver!!

3 comentários

Copyright © 2011 - Julieta Jacob - Todos os direitos reservados